Cidadão Legal

O Projeto Cidadão Legal é um projeto de educação tributária que visa promover a acessibilidade dos serviços contábeis à população da cidade e região, prestando serviços de consultoria e elaboração da declaração do imposto de renda da pessoa física e integrar o aluno no universo prático da profissão e no relacionamento social.

Participam professores e alunos do Curso de Ciências Contábeis que prestam esclarecimentos de dúvidas sobre o IRPF, auxiliam no preenchimento e transmissão da declaração de ajuste anual e impressão completa com o respectivo recibo.

Periodicidade: evento anual que ocorre nos meses de março e abril, com treinamentos para os alunos e atendimentos aos contribuintes.

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA

– Documento de Identidade (Cópia simples).
– CPF (Cópia simples).
– Título de Eleitor (Cópia Simples).
– Comprovante de endereço.
– Ocupação (informação sobre a profissão
que exerce).
– CPF do cônjuge.
– Número do banco, conta corrente e agência onde deverá receber a restituição do Imposto de Renda caso houver.
– Declaração do IRPF do ano anterior impressa ou em arquivo.
– Número de telefone.
– Informes de rendimentos recebidos em 2017.
– Documentos de recebimento de aluguéis e despesas com o imóvel pagas pelo locador.
– Documentos de recebimento de indenizações por rescisão de contrato de trabalho, inclusive a título de PDV, e por acidente de trabalho; e FGTS.
– Extratos para o Imposto de Renda, fornecidos pelos bancos onde possui conta: Informações sobre cadernetas de poupança, conta corrente, aplicações financeiras, títulos de capitalização, ações, etc.
– Escrituras de imóveis adquiridos no ano de
2017. (No caso de compra financiada em 2017 ou em anos anteriores, carnê de pagamento ou extrato emitido pelo banco).
– Documento de compra e/ou venda de veículo
automotor que contenha marca, modelo, placa, data da alienação, nome e CPF/CNPJ do vendedor quando for compra e do comprador quando for venda. (No caso de compra financiada em
2017 ou em anos anteriores, carnê de pagamento que comprove o valor pago).
– Documentos de dívidas de valor superior a
R$ 5.000,00.
– Documentos comprobatórios de despesas com creches, pré-escolas, ensino de 1º e 2º graus, ensino técnico e tecnológico e ensino superior dos dependentes e/ou alimentados ou próprio contendo nome e o CNPJ do estabelecimento de ensino.
– Documentos comprobatórios de despesas médicas em geral, contendo nome, endereço, CPF ou CNPJ do beneficiário dos pagamentos.
– Notas fiscais de aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas com receituários médicos.
– Documentos de pensão alimentícia paga formalmente por ato homologado judicialmente ou por escritura pública.
– Documentos de pagamentos efetuados a entidades de previdência complementar domicilia- das no Brasil, bem como os efetuados ao Fapi. (em nome do contribuinte ou de seus dependentes).
-Nome e CPF nos pagamentos e/ou doações feitos a pessoas físicas.
– Número de registro profissional para as seguintes ocupações principais: médico, odontólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo ou advogado, caso possuírem rendimentos de trabalho não assalariado recebidos de pessoa física, bem como o CPF;
– Para as ocupações de médico, odontólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo ou advogado é obrigatória a informação do CPF do responsável pelo pagamento recebido;
– Nº do NIT/PIS/PASEP para declarantes (titular ou seus dependentes) que sejam profissionais liberais (natureza de ocupação 11 na ficha Identificação do Contribuinte) e que tenham recebido de pessoas físicas, no ano-calendário de 2018, rendimentos de trabalho não assalariado;
– Obrigatório o número do CPF para todos os dependentes e alimentados de qualquer idade.
Trazer os documentos anteriormente citados, pertencentes ao cônjuge, dependente e alimentado.

Fotos das Edições anteriores

 

 

PROJETO CIDADÃO LEGAL 2019

Os alunos do curso de Ciências Contábeis da FACESM realizaram no dia 13 de abril de 2019 mais uma edição do projeto Cidadão Legal. Nas oito horas de projeto foram atendidas cerca de 150 pessoas, transmitidas 107 declarações de imposto de renda e arrecadados 140 quilos de alimentos, que serão doados para instituição da cidade.

O projeto que acontece anualmente tem o objetivo de promover a acessibilidade dos serviços contábeis à população de Itajubá e região, prestando esclarecimento de dúvidas, serviços de consultoria e elaboração da declaração do imposto de renda da pessoa física, além de ajudar na integração dos alunos ao universo prático da profissão. De acordo com o professor Denílson da Silva Lucas este é um momento único “essa é uma experiência única para os alunos, durante o dia é possível ver a transformação deles, alguns alunos chegam com medo e ao longo do dia vão ganhando confiança. A experiência é muito importante para a formação dos estudantes de Ciências Contábeis porque eles tem a possibilidade de trabalhar em várias frentes, então é muito gratificante participar desse projeto”, ressaltou. O projeto também contou com a participação dos professores Marcio Moraes, Maria Márcia e Tânia Oliveira

Durante o dia do atendimento, os alunos foram divididos em equipes que realizaram a recepção do contribuinte, triagem de documentos, consultoria e elaboração da declaração. Para o aluno Luan Pereira, essa experiência foi muito satisfatória, “o cidadão Legal nos dá a chance de colocar a mão na massa, e essa experiência me acrescentou uma desenvoltura para lidar com os futuros clientes”, disse o estudante sobre o impacto do projeto na sua formação. Ao todo 48 alunos participaram dessa iniciativa.

 

Depoimentos dos Contribuintes:

O projeto cidadão legal é muito importante, pois é onde os alunos encaram seus primeiros desafios e tiram suas dúvidas em cada caso encontrado. Para o declarante é bom, pois os alunos explicam a forma e importância dos dados e ainda com a contribuição de 1kg de alimento, ajudamos as pessoas que passam necessidades. (L.A.B.)

O projeto além de proporcionar prática aos alunos, auxilia a população a cumprir seu dever de cidadão. (M.M.J.)

 

Depoimentos dos Alunos:

Com o Cidadão Legal colocamos em prática o nosso lado profissional. (L.R.P.)

Com o Cidadão legal fazemos a diferença no mercado atual. (I.J.C.)

A iniciativa dos alunos foi muito apreciada e bem recebida por toda a população.

Parabéns a toda equipe!