As oportunidades oferecidas no mercado de trabalho exigem que cada vez mais os estudantes e profissionais tenham diferenciais, como um segundo idioma, cursos extracurriculares, pós-graduação e, tudo isso, com qualidade. Essas formações fazem com que o profissional consigam se destacar dos demais durante um processo seletivo.

Abaixo nós explicamos como o conhecimento de inglês, a capacitação constante e a qualidade do ensino influenciam no resultado de uma entrevista de emprego. Continue com a gente!

  1. Inglês: um segundo idioma é sempre valorizado pelos empregadores, principalmente em grandes empresas, que possuem negócios com outros países. Em geral, a falta do inglês ainda é realidade em muitos currículos, porém, profissionais que desejam se destacar no mercado de trabalho não podem deixar de investir no idioma.
  2. Capacitação constante: um profissional que não para de estudar e de se atualizar é disputado pelas empresas. As transformações, cada vez mais rápidas, exigem que os profissionais estejam antenados e procurando acompanhar os avanços de sua área. Dessa maneira, um profissional que continua se especializando poderá trazer as melhores soluções para seu ambiente de trabalho.
  3. Estudar em uma faculdade reconhecida pela qualidade no ensino: a grande oferta de cursos faz com que estudantes de faculdades reconhecidas pela qualidade ganhem destaque em uma entrevista. Uma boa faculdade oferece as ferramentas necessárias para que o aluno se torne um bom profissional, abrindo portas no mercado de trabalho.

Essas características devem ser desenvolvidas, então se você ainda não tem conhecimento de um segundo idioma, não começou uma faculdade, ou simplesmente parou de se atualizar, não desanime, sempre é tempo de investir no seu futuro!

curso
Cursos de extensão: oportunidade para qualificação rápida
11 de fevereiro de 2020
imagens_2592017910190
ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS
17 de março de 2020
curriculo