Valuation e a Gestão Baseada em Valor

O conceito de valor é complexo e multidimensional.

Para clientes de uma organização, o valor de um bem adquirido é sua capacidade de satisfazer suas necessidades, ou de resolver problemas, que lhes causam desconforto e preocupação. Portanto, poupar esforços de clientes é um dos atributos de valor dos bens. Para o economista austríaco, Carl Menger, o valor de um bem é função de sua utilidade. Isto é, de seu potencial de se apresentar como meio para o alcance de objetivos, parte inerente dos planos e propósitos humanos.

Para Assaf Neto, uma organização cria valor aos seus acionistas quando consegue trazer retornos dos investimentos que superem o custo de oportunidade do capital aplicado, – excedente conhecido como goodwill. Para os demais stakeholders, há geração de valor quando a operação da organização se preocupa com a conservação do ambiente e a preservação recursos naturais, quando a liberdade de escolha e as diferenças individuais são respeitadas e quando suas ações são éticas e de acordo com o ordenamento jurídico. Assim, a existência sustentável de uma organização ocorre quando ela é capaz de se adaptar às alterações ambientais e reiteradamente continuar a gerar valor a clientes, parceiros e demais agentes do ambiente social.

Por outro lado, valuation é o processo de estimar o valor real de uma empresa ou de ativos. Dentro da teoria de Finanças, há diversas técnicas para atribuir valor a uma empresa. O método do fluxo de caixa descontado (FCD), que se destaca como métrica do valuation, consiste em precificar o valor de uma organização com base no valor presente dos benefícios econômicos futuros esperados de caixa.
Para tanto, os fluxos de caixa livres futuros são estimados a partir da projeção das receitas, da evolução dos custos, das despesas e dos tributos, bem como em função do crescimento e dos retornos esperados de novos investimentos futuros, além de decisões da gestão que impactem na capacidade de geração de caixa operacional. Também influenciam o valor da organização as modificações de mercado e no ambiente econômico, tecnológico, social e político em seu ecossistema.
Por último, o nível de risco do negócio e suas formas de financiamento impactam o custo do capital da organização e, portanto, a taxa de desconto de seu fluxo de caixa futuro. Embora o método do FCD seja o mais utilizado na determinação do valuation, outros métodos como os múltiplos de mercado, o valor patrimonial e o valor de liquidação da empresa também são utilizados.

A aplicação dos métodos de avaliação de empresas também é útil para que a organização repense sua tomada de decisão. Em grande parte delas, com certa frequência, decisões de selecionar e contratar pessoas, de adquirir equipamentos e insumos, de desenvolver e fabricar produtos e promover sua venda não guardam relação com a imprescindibilidade de se criar valor. Logo, perdem-se oportunidades de fortalecer a posição competitiva da organização e de gerar benefícios aos parceiros ao redor. Nesse contexto, a gestão baseada em valor orienta as ações gerenciais no sentido de sempre se quantificar o impacto das decisões de todos os níveis e áreas, no valuation da empresa.

Evidentemente que os produtos e serviços criados e oferecidos pela organização ao mercado são fundamentais para incrementar seu valuation. Assim, é essencial que a organização esteja capacitada a projetar bens que satisfaçam as necessidades de clientes, atendam os requisitos de proteção ambiental e de interesse social e sejam produzidos e comercializados com lucro. Para cumprir esse propósito, as diversas áreas organizacionais exigem profissionais especializados, aptos a executar atividades com a agilidade e a precisão necessárias para uma operação eficiente. Dessa forma, pessoas com elevada qualificação, processos projetados e estruturados para utilizar recursos da forma mais inteligente possível e um sistema gerencial diligente são diferenciais competitivos para as organizações, que transformam a realidade e irradiam benefícios aos diferentes segmentos sociais.

Medir o valuation regularmente e promover a gestão baseada em valor são, portanto, atributos de gestores notáveis, que cumprem sua função de multiplicar a riqueza dos acionistas, além de deixarem um legado social em termos de geração de empregos, desenvolvimento de novos produtos e a idealização de soluções para problemas recorrentes e incomuns que possam surgir. São esses agentes que assumem a autoridade e a responsabilidade de contribuir para a formação de estruturas, de pessoas, de talentos e de novos líderes, que certamente transmitirão conhecimento e ensinamentos ao futuro das novas gerações, que então poderão desfrutar dos benefícios das decisões assertivas de seus antecessores.

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Email